Episódio #29 Temporada 6: Anita e o estado da nação – pós-Autárquicas’21

Até dia 15 de Outubro de 2021, não se esqueçam de votar na Anita no Trabalho para o prémio do público do Podes – Festival de Podcasts 

A habitual excitação, quase adrenalina, que a Anita sente em noite eleitoral continua a fazer-se sentir, enquanto aguarda as primeiras projeções e, à medida que a noite avança e os resultados se conhecem e se fazem análises e contra-análises do que poderão significar acerca da vontade do povo.

Este fim de semana, já de si especial pelas eleições autárquicas em Portugal, deixou a Anita colada aos jornais enquanto acompanhava, também, a decisão sobre o futuro próximo da Alemanha – e consequentemente, pelo seu papel tão preponderante, as implicações para a construção europeia e para a dinâmica geopolítica mundial.

Enquanto isso, não deixa de pensar na questão da representatividade, no simbolismo da saída de uma das mulheres mais influentes do século, da quase eleição da primeira maioria feminina num parlamento, e da situação no Afeganistão, onde tantas conquistas e progresso estão em perigo… “Nações que falham às suas mulheres falham…” e regressa a Portugal, às autarquias, e aos 9% – percentagem de câmaras ganhas por mulheres. Qual é, então, o estado da Nação?

Neste episódio mencionamos:
Resultados das Eleições Autárquicas em Portugal em Setembro de 2021 
Sobre as eleições na Alemanha, a cobertura da Deutsche Welle em inglês.
“Angela Merkel: Her legacy for women”, um vídeo da Deutsche Welle onde é discutido o legado que a Chanceler deixa às mulheres, agora que está a terminar o seu mandato.
“Iceland misses out on Europe’s first female-majority parliament after recount”, artigo da BBC publicado a 27 de Setembro de 2021.
“Why nations that fail women fail”, artigo do The Economist de 11 de Setembro de 2021.
“Autárquicas: Mulheres ganham 9% das câmaras, menos do que em 2017”, artigo publicado online, na revista Visão, a 27 de Setembro de 2021.
Entrevista a Graça Fonseca, na revista E do Expresso de 25 de Setembro de 2021: “Não tenho qualquer espécie de vínculo a lado nenhum”
Aos 11’54”, a Billy fala sobre acesso a tratamentos de Procriação Medicamente Assistida em Portugal. O ponto 1 do Artigo 6.º da Lei n.º 32/2006 – Diário da República n.º 143/2006, Série I de 2006-07-26 diz que “Podem recorrer às técnicas de PMA os casais de sexo diferente ou os casais de mulheres, respetivamente casados ou casadas ou que vivam em condições análogas às dos cônjuges, bem como todas as mulheres independentemente do estado civil e da respetiva orientação sexual.” Podem consultar a legislação aqui.
“Conta-me como foi”, série da RTP
Episódio “The Lady Vanishes”, do podcast de Malcolm Gladwell “Revisionist History”
Autárquicas 2021: resultados no município de Almada, onde a presidente da Câmara, Inês de Medeiros, foi reeleita com 39,87% dos votos (28203 votos), uma subida significativa em relação a 2017 (20910 votos, correspondentes a 31,46% do total).

E até dia 15 de Outubro de 2021, não se esqueçam de votar na Anita no Trabalho para o prémio do público do Podes – Festival de Podcasts 

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho quando bem lhe apetece e pode, idealmente a cada semana, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Rita: Instagram

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.