Episódio #2 Temporada 3: A Anita e a vox populi

A introdução deste episódio podia entrar num registo de ficção surreal ou um livro policial, confundido com perseguidor e perseguido, retratando a forma como a nossa convidada e a Anita foram lançando provocações, entrando no mundo uma da outra, de forma espontânea até se tornar em quase obsessão… saudável, claro… e construtiva… e motivadora…

A Anita alimenta-se – não de forma antropofágica, obviamente – dos seus seguidores, dos comentários, reações, sugestões, desabafos, provocações… e, à medida que foi avançando com este projeto, foi criando algumas ligações e relações, que têm por base um reconhecimento identitário, um identificar com os sentimentos, ideias, desafios, modos de estar de parte a parte.

Algumas destas ligações saem do anonimato, de lençóis de comentários e conversas offline, e vêem a luz do dia. É o caso com a nossa convidada de hoje… perseguidora e perseguida… com quem surgiu o desafio de falarmos sobre a criação de uma linha de apoio a procrastinadores.

O episódio de hoje promete, porque têm pela frente profissionais da área, e não sabemos quem sairá vencedor deste combate. A Anita não se deixará ir às cordas (gostaram da analogia do boxe?) e promete uma esquerda que deixará KO a Ana Torradinhas. 😉

Neste episódio mencionamos:
Lance Collective
Bullet Journal
Smart pens! (Apesar de não ser directamente mencionado, aqui vai um artigo sobre algumas smart pens no mercado.)

Podem encontrar a Ana aqui:
Colectivo Metamorfilia
Amarelo Torrado
Cenas e Coisas

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos… no entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | obvious | twitter | instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | instagram

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *