Autor: anitanotrabalho

Episódio #8 Temporada 5: A Anita à conversa com Marta Teixeira da Silva da Lavandaria

Vista da Lavandaria, com uma parede cheia de quadros e mesa com materiais de impressão.

Podíamos dizer que tudo começou numa antiga lavandaria de bairro, espaço onde um grupo de designers se juntou para “trabalhar com as mãos”.

As bolas de sabão que certamente pululavam no imaginário do espaço inspiraram ideias e conceitos, num projeto que deu lugar a um negócio que, de portas abertas para a rua, não podia ter outro nome: “Lavandaria”!

Um atelier dedicado à impressão em serigrafia, à ilustração, à criação… ganhando e dando vida ao bairro.

Em vez da roupa pendurada, posters, postais, e todas as impressões que se possam imaginar… e criações que giram e giram como roupa nas máquinas e rebentam como bolas de sabão espalhando magia em seu redor.

Podíamos dizer que foi aí que tudo começou, mas, em rigor, podemos recuar até à sua adolescência, em Macau, ao curso de Belas-Artes em Lisboa, à passagem pela Benetton, no seu centro de pesquisa de comunicação em Treviso, à criação da Cãoceito em 2005, e a experiência em agências de publicidade. Cada trecho do seu percurso foi definindo aquilo que a apaixona: projetos de edição, publicações independentes, criação…

Foi esse caminho, onde a serigrafia se revelou mais do que companheira de estrada, que levou a Marta Teixeira da Silva até à criação da Lavandaria.

Neste episódio, mencionamos:
Cãoceito
Enciclopédia Encarta
Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
Serigrafia
Galeria Diferença
Fabrica
vivóeusébio
André da Loba
Livraria Plutão
Risografia
Colecção Castigo

Podem encontrar a Marta e a Lavandaria aqui:
Instagram da Lavandaria
Site da Lavandaria

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho quando bem lhe apetece e pode, idealmente a cada semana, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #7 Temporada 5: A Anita em regime pro bono

Desde o dia 10 de Novembro de 2020 e até dia 31 de Dezembro de 2020, as mulheres em Portugal deixaram de ser remuneradas pelo seu trabalho. 52 dias de trabalho, business as usual, não remunerado. Faz pensar, certo?

Sendo rigorosas, a afirmação é no mínimo questionável na sua formulação. Mas, fazendo um exercício teórico em que consideramos a diferença salarial entre mulheres e homens, a diferença de 14.4% traduz-se no equivalente a 52 dias de trabalho pago.

No passado dia 10 de Novembro assinalou-se o Dia Nacional da Igualdade Salarial, data que varia de ano para ano, marcando este dia simbólico em que a diferença entre salários significaria que as mulheres deixam de receber enquanto os homens continuam a auferir remuneração.

Não querendo alimentar controvérsias, nem sequer entramos na questão das diferenças ao nível do trabalho não remunerado… assunto esse já abordado noutros programas pela Anita.

Centremo-nos na questão em mãos: ano 2020, 52!!! dias de trabalho efetivo não remunerado! E as diferenças aumentam ainda mais em cargos mais altos e com mais qualificações… Como é que é possível?

Neste episódio, mencionamos:
Explica-me como se tivesse 5 anos
Série de TV “The Big Bang Theory”
“Invisible Women – Exposing Data Bias in a World Designed for Men”, de Caroline Criado Pérez. Versão portuguesa aqui.
Aos 14′, a Billy fala sobre as audições cegas numa orquestra. A história vem relatada no livro “Invisible Women” (referido acima) e trata-se da New York Philharmonic Orchestra, que passou de 0% de mulheres na sua composição para os actuais mais de 45% depois da introdução das audições cegas na década de 1970. (Capítulo 4, “The Myth of Meritocracy” do livro, pp. 92-93 na edição inglesa em capa mole da Vintage.)
Relatório da booking.com sobre Women in Tech em que analisam vários mercados, incluindo China e Índia.
“Women in Tech Are Rising Higher in China Than in the U.S.”, artigo publicado a 13 de Novembro de 2017 na revista The Atlantic, consultado a 18 de Novembro de 2020.
Aos 16’06”, a Billy lê e traduz de forma muito livre o seguinte excerto do livro “Invisible Women”: “The irony is, if these so-called meritocratic institutions actually valued science over religion, they could make use of the evidence-based solutions that do already exist. For example, quotas, which, contrary to popular misconception, were recently found by a London School of Economics study to ‘weed out incompetent men’ rather than promote unqualified women.” (pp.109-100 da minha edição, no final do capítulo 4, já acima citado.) Neste link encontram o artigo que serviu de fonte à autora.
Página da Comissão Europeia com a Estratégia para a Igualdade de Género
Women and microcredit
Conversa de David Letterman com Melinda Gates dentro da série “My next guest needs no introduction”, na Netflix
Licença parental na Suécia
Guia prático do subsídio parental
“Era o que faltava”, conversa com o Prof. Daniel Sampaio

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho quando bem lhe apetece e pode, idealmente a cada semana, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #6 Temporada 5: Crónicas de um futuro por anunciar

Sentada a escrever a introdução deste programa, a Anita é invadida pela sensação de se terem passado várias vidas num ano só.

Iludida por anos de malabarismo profissional, em que, com muita criatividade e uma aldeia por detrás, foi aperfeiçoando o seu “ensaio sobre a omnipresença”, dá por si a tentar manter os pinos no ar mas virada do avesso.

Sente-se tentada a usar cola, na verdade tem usado cola… e a sua pele… e de alguma forma tem conseguido…

Mas, dominado o pandemónio do nível Pro de multitasking, qual jogo de luta de uma qualquer consola dos anos 90, surge outro monstro: a dúvida.

Estes meses deixaram marcas, exaustão física e mental, insegurança profissional, a eterna dualidade família-trabalho… e, com isso, a vontade ou a inevitabilidade de diminuir a intensidade do trabalho, de encontrar equilíbrio, de reduzir a pressão… estudos e artigos recentes deixam o alerta: está em risco o progresso em termos de igualdade que se tinha conquistado nas últimas décadas… mas a verdade é que manter o status quo deixou de ser possível.

Neste episódio, mencionamos:
“Pandemic threatens years of progress as women plan to leave workforce”. Artigo publicado a 2 de Outubro de 2020 e consultado a 9 de Outubro de 2020.
Rendimento Básico Incondicional
Licença Parental na Suécia
O podcast Era o que faltava, da Rádio Comercial, entrevista o Prof. Daniel Sampaio
Licença Parental em Portugal. Guia Prático da Segurança Social
“A licença parental tem sofrido algumas alterações legislativas, o que pode suscitar dúvidas tanto para os futuros pais como para as mães.” Artigo do Jornal Económico consultado a 2 de Novembro de 2020.
Testemunhos do confinamento: os testemunhos das entrevistadas da Anita.

Abaixo, a fotografia que tirei no dia 4 de Setembro de 2020, com pouca luz e durante um treino de corrida!, à campanha de recrutamento da Força Aérea Portuguesa.

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #6 Temporada 5: À conversa com Olga Kassian, da Wonther


[Olga Kassian, acima, e o Good Vibes Locket abaixo. Imagens amavelmente cedidas pela Wonther.]

Desengane-se quem pensa em moda e jóias como simples acessórios; a nossa convidada de hoje, exemplo de uma nova geração de designers e criadores cujos projetos nascem com um propósito maior, acredita no papel ativista e social das suas criações.

Desde sempre defensora dos direitos das mulheres, as suas jóias pretendem inspirar e, acima de tudo, fazer cada mulher sentir o seu poder, celebrando a sua unicidade. Cada jóia da Wonther é, nas suas palavras, “a personificação das ambições, realizações e singularidades de cada mulher”, recordando-a da “sua força e do direito a escolher um caminho individual”.

São as convicções pessoais e princípios de Olga Kassian que definem, também, o caminho individual da Wonther, a única marca de jóias portuguesa certificada pelo Responsible Jewellery Council, destacada internacionalmente como referência na sustentabilidade e ética.

Neste episódio, a Olga menciona:
Responsible Jewellery Council
Anita no Trabalho: à conversa com Maria Cunha das Josefinas
Emma Watson
“A marca portuguesa de joalharia que esteve em destaque na “Vogue” norte-americana”, artigo publicado a 23 de Setembro de 2020 e consultado a 13 de Outubro de 2020.
Economia circular
Wonther talks
Anita no Trabalho: a Anita e o ócio
Copenhagen Fashion Week

Podemos encontrar a Wonther aqui:
www.wonther.com
Facebook
Instagram
Wonther Talks acontecem geralmente às quintas-feiras às 21h no Instagram da Wonther

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #5 Temporada 5: Capítulo 345627 da telenovela “Anita em televida”

No capítulo desta semana da sua telenovela em modo distanciamento social, a Anita reflete sobre nós e amarras. A reflexão possível em tempos de Covid tem levado a Anita a questionar-se sobre convenções, convenções sociais, culturais, biológicas… convenções impostas ou auto-impostas que, ao longo dos últimos meses, se revelaram qual fratura exposta que já não se consegue ignorar.

Com alguma surpresa, constata que não se consegue libertar de uma série de amarras, daquelas que combate ferozmente e se propõe alertar e educar para serem ultrapassadas… e constata que muita da carga que carrega nos ombros resulta de um sentimento de obrigação tão enraizado que a leva a ceder a um sentido de responsabilidade auto-imposto ou auto-alimentado.

E, a par, segue-se o sentimento de culpa, esse sacana que a acompanha e não dá tréguas… e a condiciona a pensar sempre nos outros em primeiro lugar.

Hoje, a Anita convoca a querida Constança Cabral e faz um ensaio sobre a necessidade e a vontade de ser egoísta.

 

Neste episódio, mencionamos:
Massacre de Tiananmen
“Pareja del Mundial”, por Jero Freixas

 

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #4 Temporada 5: A Anita em televida (ou telenovela)

Se dúvidas restavam sobre a capacidade de resiliência do ser humano, os últimos meses são prova de que o potencial desta nossa espécie está muito longe dos seus limites de evolução e adaptação. E, se nos centrarmos sobre o género feminino, então, a observação aponta para um generalizado domínio de poderes sobrenaturais ou, no mínimo, de super-poderes, única explicação plausível para o esforço de proporções épicas que temos vindo a suportar.

Ou talvez, não.

Chávena de café à frente, fria já pelo passar das horas entre o momento em que parou em frente da máquina de café, enquanto preparava os restantes pequenos-almoços, e aquele em que se encostou 30 segundos já depois do início de escola virtual, das fraldas mudadas, de arrumar a cozinha e os quartos, de encontrar forma de manter ocupadas as outras crianças em idade não-escolar… Portanto, chávena de café à sua frente para planear como vai conciliar e definir prioridades no seu trabalho, nas horas das sestas, se tiver sorte, e assegurar as refeições ao longo do dia, arrumar, apoiar estudo, inventar atividades para quem não estuda…ah e o sonho era ter tempo para fazer aquela aula de pilates…ou ver um episódio de uma qualquer série que a fizesse desligar e ter a ilusão de que tem vida própria…

Entretanto tem de recomeçar porque já se perdeu e percebeu que o calendário tem vida própria e o que se propõe alcançar demoraria semanas e não horas.

Nada que sessões vitalícias de psicoterapia não resolvam…ou pelo menos, nada que uma bela conversa a três não melhore.

A Anita em televida, ou a telenovela da Anita em confinamento, é o tema da conversa de hoje, com a maravilhosa Constança Cabral.

Neste episódio, mencionamos:
Imagens do regresso à escola em França
“Espanha avança com rendimento mínimo universal em maio”, O Observador
“Milão anuncia plano ambicioso para reduzir poluição após quarentena”, RTP
“Twitter announces employees will be allowed to work from home ‘forever’”, The Guardian
O vídeo que a Constança menciona em que se compara a abordagem neo-zelandesa com a britânica à COVID-19 “A tale of two countries”
“New Zealand PM says tooth fairy and Easter bunny are ‘essential workers'”
“Why Are Women-Led Nations Doing Better With Covid-19?”

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #3 Temporada 5: À conversa com Angella Graça do INMUNE

Nascida a 19 de julho de 1989 em Paris, de origem e nacionalidade Cabo-verdiana e também de nacionalidade Portuguesa, Angella Graça sonha com um mundo mais justo e equilibrado.

Mas não se limita a sonhar nem fica refém desse seu sonho: desde jovem, o seu percurso segue o caminho do Associativismo, procurando tornar esse sonho em realidade, aspirando a uma maior consciencialização social e a um impacto positivo real na vida de quem é racializado, marginalizado ou discriminado.

Licenciada em Relações Internacionais pelo ISCSP é atualmente presidente do INMUNE, Instituto da Mulher Negra em Portugal, como voluntária, acumulando uma carreira profissional na Administração Pública, no Alto Comissariado para as migrações.

De personalidade apaixonada, espontânea, extrovertida, assume-se como “às vezes, demasiado assertiva”. Características inatas, que deram origem ao sonho ou características desenvolvidas na defesa deste?

No episódio de hoje, pensamos o empreendedorismo num momento anterior à sua génese e, com a Angella, abordamos os desafios que se têm de ultrapassar, as consciências que se têm de alertar, os direitos que se têm de assegurar, antes deste se tornar sequer uma opção de vida.

Neste episódio, a Angella menciona:
Programa Escolhas
Alto Comissariado para as Migrações
“Livre quer que património das ex-colónias em museus possa ser devolvido às origens”, notícia do jornal Público de 28 de Janeiro de 2020
“Hair love”
Entrega do Oscar aos criadores de “Hair love”
Backstage interview
Conceição Queiroz

Podemos encontrar o INMUNE aqui:
Instituto da Mulher Negra em Portugal
e-mail: institutodamulhernegra.pt@gmail.com
Perfil de Facebook da Angella Graça

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #2 Temporada 5: A Anita em busca da inspiração

A Anita vai aprender coisas novas numa aula de corte, costura e modelagem

Entre os milhares de assuntos que lhe ocupam a mente e, por vezes, lhe tiram o sono, há um que deixa a Anita petrificada: tornar-se obsoleta ou esgotar-se em si própria.

Esse medo dá lugar a uma procura constante de conhecimento e inspiração, lançando a Anita num frenesim: sim, porque a Anita não se contenta com estar informada… a Anita quer estar “na crista da onda”… o que, tendo em conta o ritmo de inovação e mudança atuais, significa que a Anita nunca descalça os patins…ou, mais apropriado, nunca desliga as antenas.

Por entre fórmulas e receitas, mapas, bússolas e radares que buscam a inovação e a inspiração, a Anita também tem de aprender a desligar e deixar o cérebro aborrecer-se e fazer o seu trabalho – ligar a imaginação.

No episódio de hoje, a Anita parte em busca da inspiração com a esperança de não se perder a ler o mapa.

Neste episódio, mencionamos:
Flipboard
Feedly
“Artist’s Way”, de Julia Cameron
OGSM “Objectives, Goals, Strategies, Measures”, uma ferramenta que a Eli usa para definir os seus objectivos e observar se os cumpre. Alguns episódios em que a Eli fala sobre esta ferramenta: episódio 16 e episódio 53
“Daily Rituals: Women at Work”, de Mason Currey
Web Summit
Curso “Artificial Intelligence: Implications for Business Strategy” do MIT 
“Unlocking the Customer Value Chain”, de Greg Piechota e Thales S. Teixeira
“Harry Potter and The Cursed Child”, peça de teatro que conta a parte seguinte da história de Harry Potter, personagem criada por J. K. Rowling

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #1 Temporada 5: Balanço do ano à luz da omnipresença

Fechamos a porta de mansinho a 2019, quase sem notar que já havíamos transposto há muito o umbral para 2020.

Nesta ordem dos dias em que deslizamos com elegância (às vezes de paquiderme) entre as semanas, os meses ou mesmo os anos, a Anita ainda insiste em respirar fundo, fazer freeze por uns minutos enquanto pensa no que alcançou no ano anterior e no que gostaria de fazer do ano seguinte, e colocar o pé direito à frente (apenas porque é destra) enquanto mergulha no novo ano.

E mesmo que não coincida exatamente com as 24h do dia 31, este momento de introspecção e balanço, é fundamental para que cada ano ganhe contornos de missão e contribua para o sentimento de se viver inspirado por uma causa maior.

De cada ano, retira lições, processa e guarda memórias…e procura que o ano seguinte seja de construção sobre essa base e não necessariamente uma página em branco.

No primeiro episódio de 2020, espreitamos pela fechadura o ano de 2019, do qual destacamos as lições que proporcionou, e respiramos fundo, de janelas abertas sobre 2020.

Como garante da relevância e qualidade deste exercício, contamos com a sabedoria e orientação da sempre inspiradora Constança Cabral e da sua palavra de ordem para o novo ano.

Neste episódio, mencionamos:
Denise Duffield Thomas
Corrida do Fim da Europa
“Stop start nature”, canção da banda dEUS
“Lailah’s Lunchbox”, de Reem Faruqi, com ilustrações de Lea Lyon
Governo Sombra

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram
Constança: Blog | Instagram | Facebook

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.

Episódio #16 Temporada 4: À conversa com Joana Laranjeiro, da Mãe Catita

A Joana Laranjeiro descreve-se, desde cedo, como catita.

Com formação académica em Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes em Lisboa, trabalhou durante 13 anos como diretora de arte em grandes agências de publicidade em Portugal. Catita, ah?

Até que, em 2011, a maternidade a faz girar sobre si mesma… a vontade de estabelecer uma relação única com o filho, leva-a a investigar uma parentalidade com base no mindfulness.

Rapidamente esta curiosidade e vontade assumem uma nova forma e dimensão, transbordando da vida pessoal para a profissional. Tirou o curso de Parentalidade Consciente na Academia de Parentalidade Consciente e seguiu para a Suécia para se formar em Family-Lab Seminar Leader e Family Coaching Education. A experiência da maternidade acabou assim por gerar um outro filho, o projeto Mãe Catita, um projeto de Parentalidade para o Futuro, com workshops e sessões personalizadas de apoio para pais e formação para escolas.

A sua missão? Preparar as crianças para o futuro através da promoção de uma auto-estima saudável.

Damos assim as boas-vindas à Joana Laranjeiro, a nossa Mãe Catita.

Podem encontrar a Mãe Catita aqui:
Site | E-mail
Informações sobre workshops
“Eu sou super”, livro com exercícios para trabalhar a auto-estima da autoria da Joana

Neste episódio, a Joana menciona:
Mindfulness
Tony Robbins
Growth mindset
“The new psychology of success”, de Carol Dweck
“Your competent child”, de Jesper Juul
Shefali Tsabary
Web Summit

E não se esqueçam:
A Anita regressa ao trabalho a cada duas semanas, mais coisa menos coisa, com um ponto de situação nos seus projetos. No entanto, como boas aspirantes à omnipresença, continuamos ligadas no Instagram, em @anita_no_trabalho, e ainda em anitanotrabalho.com, onde poderão conversar connosco através da secção Querida Anita, ou no Facebook.

Ou nas nossas plataformas profissionais:
Eli: nautilo.net | facebook | twitter | Instagram
Billy: airdesignstudio.com | facebook | Instagram

Anita no Trabalho é um podcast produzido por Ana Isabel Ramos – designer, ilustradora e knitwear designer em airdesignstudio.com e instagram.com/air_billy – e Eliana Soares – marketeer e estratega em nautilo.net e instagram.com/elice_inwonderland.

Créditos:
“Polygamie” de Gabriel Vigliensoni, através do Free Music Archive.